Feira de Santana, domingo, 20 de abril de 2014
19º MIN
29º MÁX

Morte em rio: Meninas teriam sido puxadas por cobra

Foto Reprodução/ TV Globo

A morte de duas adolescentes de 15 e 17 anos em Itajubá, na região Sul de Minas Gerais, tem chamado bastante atenção. De acordo com a mãe de uma das garotas, elas teriam sido puxados por uma cobra enquanto nadavam.
 

Em um vídeo, as adolescentes aparecem sendo puxadas para o fundo do rio Sapucaí. Elas estavam se divertindo com amigos quando foram atacadas e puxadas para o fundo do rio. Segundo Maria Inês, mãe de uma das garotas, o vídeo mostra o momento em que a cobra as puxou. Ela acredita que a maneira como as filhas reagiram comprova o ataque, “pelos gritos da (...), o apavoramento, a minha filha abre a boca e não consegue nem gritar”, afirma. As meninas eram amigas há aproximadamente 10 anos e estavam comemorando o feriado de 1º de maio junto com a família de uma delas.
 

O perito criminal Eliéber Teixeira, que analisou as imagens, acredita que possa ter havido um ataque. “As duas adolescentes estão dentro da água em local que elas tinham pé. Elas estavam com água na altura do tórax, não era lugar tão fundo. Elas se assustam, gritam e são puxadas para dentro da água, nitidamente por alguma coisa”, explica.
 

O subtenente Reinaldo Fernandes, do Corpo de Bombeiros, as garotas morreram por causa da profundidade da região onde nadavam. Ele explica que verificou que em toda a extensão do rio há risco de afogamento e em alguns pontos a profundidade chega a 3 metros.
 

O médico legista José Henrique Schumann, que analisou o corpo das jovens, há possibilidade de afogamento. Ele afirmou que foram encontradas apenas lesões causadas por asfixia, ou seja, afogamento,“na perícia médica, nós não constatamos nenhuma lesão além das encontradas nos casos de afogamento, que são sinais clássicos de asfixia”.
O delegado responsável pela investigação, da Polícia Civil de Itajubá, só vai se pronunciar a partir de segunda-feira (23), após realizar a análise dos fatos.
 

Com informações do G1
 

Confira na sessão VÍDEOS do portal BOM DIA FEIRA as imagens

(Por Daniela Oliveira)