Feira de Santana, quarta, 16 de abril de 2014
18º MIN
29º MÁX

Traficante membro do PCC é preso na Bahia

Foto Nucom/BA

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na noite desta quinta-feira (26) um dos chefes do tráfico de drogas na região de Porto Seguro. Os agentes estavam realizando uma operação de combate à criminalidade quando prenderam um traficante membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), famosa facção criminosa paulista.
O fato aconteceu no Km 594 da BR-101, município de Camacan, quando a polícia parou o veículo Renault/Clio de placa DMP 2108/SP, que estava sendo conduzido por Roberto Carlos Dantas Santos, 45 anos. Ele tentou evadir do local e parou o carro mais à frente ao notar que a viatura da PRF se aproximava. Além do condutor, estava no veículo um passageiro sem documento, que afirmou ser Rivaldo Freitas de Oliveira, 30 anos, morador de Porto Seguro.
Os policiais realizaram uma busca no interior do veículo e encontraram 12 cartuchos intactos de calibre 45, arma de uso restrito das formas armadas e R$425 reais em dinheiro. Na meia em que Roberto usava foram encontradas uma pequena quantidade de maconha e mais uma quantia dentro de uma mochila. Quando foi realizada uma busca no sistema, ficou constatado que Roberto Dantas é conhecido como Betinho e havia sido preso em 2008, com membros do PCC, quando planejam um assalto à uma agência bancária do município baiano de Teixeira de Freitas.
Betinho reside atualmente me Porto Seguro e de acordo com informações da polícia, desde que chegou de São Paulo, ele é o responsável por comandar o tráfico em Porto Seguro. Ele inclusive expulsou os antigos chefes do tráfico e é conhecida por ser violento nas suas ações.
O porta malas do veículo tinha um fundo falso atrás do banco traseiro, onde era utilizado para realizar o transporte de drogas de São Paulo para a Bahia. No local onde o veículo estava estacionado, foram encontrados uma pistola Taurus, calibre 45 com 11 cartuchos (iguais aos encontrados dentro do veículo). A polícia acredita que o passageiro deu um nome falso para a polícia.
 

Com informações do Nucom/BA

(Por Daniela Oliveira)

MAIS LIDAS

+

VÍDEOS

+
Marília Gabriela entrevista CAIO CASTRO